Carlos Guedes agora é cidadão de Belém

O presidente nacional do Incra, Carlos Guedes, disse ontem de manhã, depois de receber o título de Cidadão de Belém, que “vir prestar contas, em Belém, do nosso trabalho é muito dignificante”. Guedes, que foi secretário de Planejamento, Orçamento e Finanças do Estado do Pará, no governo da ana Júlia, em 2007, foi indicado por mim para receber esse título mais que merecido. Ele foi uma das mais altas autoridades agraciadas com o título, entregue ontem de manhã, em sessão solene, da Câmara. Guedes me agradeceu “profundamente” a homenagem. O título de Cidadão de Belém concedido a ele foi aprovado por unanimidade. Os companheiros deputado Alfredo Costa e João Batista Silva, presidente do PT, também foram homenageados.

“Pra mim é uma emoção muito forte porque eu aprendi a gostar de Belém e da Amazônia com esses homens e mulheres que me convidaram, há quase cinco anos, para conhecer essa realidade, a conhecer o seu povo. Tenho raízes aqui em Belém. Tenho uma representante legítima que é minha filha, que nasceu em Belém, sinto muito orgulho disso e mais orgulho agora na condição de presidente nacional do Incra poder contribuir muito com a Amazônia e reconhecendo Belém como capital da Amazônia. Esse título para mim é o acolhimento que eu sempre tive em Belém agora formalizado”, declarou o companheiro.

O Guedes tem uma identidade com a nossa cidade e tem algo fundamental que é o compromisso com a coisa pública, trazer a coisa pública para bem mais perto da população. Tê-lo como cidadão engrandece Belém, um gaúcho de lá distante, mas com uma trajetória política muito importante em nossa na cidade.

Natural do Rio Grande do Sul, o economista, funcionário de carreira e atual presidente do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), Carlos Mário Guedes de Guedes, 42, foi delegado federal do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) no Pará, entre 2005 e 2006; e secretário Extraordinário de Regularização Fundiária na Amazônia Legal (MDA), em 2008.

Guedes coordenou o Programa “Terra Legal”, de combate ao histórico problema dos conflitos agrários, contribuindo com a implantação da Reforma Agrária em diversos municípios paraenses. Coordenou também a implantação do Planejamento Territorial Participativo (PTP). Ele também foi coordenador geral do Núcleo de Estudos Agrários e Desenvolvimento Rural do MDA e Secretário Executivo Adjunto do Ministério.

Parabéns companheiro pela merecida homenagem do povo de Belém.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Notícias

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s